fbpx

Saúde do Homem: por que é importante se cuidar?

Cultivar bons hábitos, fazer exames preventivos e cuidar da saúde são medidas necessárias para uma vida prolongada e saudável. 

Você sabia que os homens vivem menos que as mulheresO Instituto Brasil de Geografia e Estatística (IBGE) calculou, em média, 7,1 anos a menos de expectativa de vida dos homens em relação às mulheres.  

Por que isso acontece? Eles tendem a se cuidar menos que elas. Menos exames preventivos, mais consumo de álcool e drogas, além de maior exposição a riscos de acidentes e violência.  

Prevenir e cultivar bons hábitos é o melhor caminho para uma vida longa e saudável, sobretudo em tempos de pandemia mundial. 

Se na correria cotidiana, você não sabe sequer por onde começar, confira aqui algumas dicas para melhorar a sua disposição física e mental. Vamos lá! 

O que os hábitos têm realmente a ver com a saúde? 

Nos dicionários de língua portuguesa, hábito significa disposição de agir constantemente de certo modo, adquirida pela frequente repetição de um ato. 

Tanto os comportamentos bons quanto os ruins podem se tornar um hábito 

Você já ouviu alguém dizer que fica doente fácil porque está com a imunidade baixa? Ainda que não saiba, a pessoa está se referindo ao sistema imunológico. 

De maneira simples e resumida, esse sistema é responsável pela proteção do nosso organismo. Ok, mas o que os hábitos têm a ver com isso? Bom, o estilo de vida de uma pessoa influencia diretamente na manutenção desses mecanismos de defesa do corpo. 

Quando agentes infecciosos como bactérias, fungos, vírus, inclusive, o novo coronavírus (Covid-19), invadem o seu organismo, provocam doenças. 

Para que o organismo funcione com eficiência, é necessário que vários fatores estejam em harmonia. 

 

Como desenvolver bons hábitos? 

Saúde é um estado de bem-estarfísico, mental e social e não consiste apenas na ausência de uma enfermidade, conforme define a Organização Mundial de Saúde (OMS). Confira algumas dicas práticas para você começar a cultivar hábitos melhores agora mesmo: 

  • Estabeleça rotinas: 

Anotar uma lista com as suas tarefas, faz com que você não as esqueça. Também traz clareza na hora de definir as prioridades. 

Visualizar tarefas sendo cumpridas criará um senso de recompensa e aumentará a sua produtividade. Os horários devem ser flexíveis com a dinâmica do cotidiano, pois os imprevistos devem ser considerados.  

É importante se envolver em atividades prazerosas, ter hobbies e autocuidado, para garantir mais saúde. Como frequentar um psicólogo para sessões de psicoterapia, a fim de tratar efetivamente os problemas decorrentes de ansiedade, depressão etc. Cultivar boas amizades também é algo extremamente positivo 

  • Tenha uma boa alimentação: 

O consumo de bons nutrientes auxilia a multiplicação das células e tecidos de defesa do sistema imunológico. Portanto, bons hábitos alimentares são fundamentais. E não se trata de sofrer para manter dietas radicais, mas de optar conscientemente por alimentos naturais nos momentos de fome. 

  • Faça higiene do sono: 

Para dormir bem, a Associação Brasileira do Sono (ABS) recomenda estabelecer rotinas a fim de melhorar esse aspecto tão importante da vida: dormir e acordar no mesmo horário, evitando cochilos em horários não usuais, por exemplo. 

  • Lembre-se dos exames preventivos! 

Não precisa ficar com medo de acabar descobrindo uma doença. Afinal, se houver, é muito mais fácil tratá-la quando detectada ainda no início.  

A identificação precoce do câncer de próstata, por exemplo, aumenta as chances de cura. O exame de rastreamento deve ser iniciado a partir dos 50 anos de idade.  

Procure um médico proctologista ou urologista. Ainda mais se sintomas como dificuldade para urinar e jato urinário fraco se manifestarem.  

Além disso, a maioria das doenças crônicas pode ser prevenida com exames periódicos. A aferição da pressão arterial e acompanhamento das taxas de colesterol, por exemplo, evitam a hipertensão e a diabetes.  

  • Vá no seu ritmo, mas vá. 

No início, pode ser difícil incorporar bons hábitos no seu dia a dia, mas com persistência, depois de um tempo, passamos a realizá-los sem esforços e o impacto na melhora imunológica é efetivo. 

 

Não se apoie em alguma desculpa, mas decida começar. Nem que seja com uma coisa de cada vez, afinal na lista ainda poderíamos acrescentar outras necessidades como a prática de exercícios físicos e manter-se hidratado. Que tal fazer isso agora mesmo? Sim, cuidar da saúde é coisa de homem! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *